Benefícios

Do ponto de vista alimentar, gostamos de olhar para as algas como um “legume do mar” com um sabor “umani” ímpar que as faz brilhar em cada prato, fazendo brilhar também quem as consome. 

As algas são nutricionalmente muito interessantes devido ao seu teor em fibra, proteína, vitaminas e minerais, tendo ao mesmo tempo um teor de gordura praticamente inexistente. As algas são também fonte de compostos bioactivos, com benefícios comprovados na promoção de saúde e prevenção de doenças.


Outras aplicações

Outras aplicações poderiam ser mencionadas, como a de bioestimulantes, bioprotectores e moduladores da microbiota do solo na agricultura para a produção de outras fontes de alimento e reduzindo o uso de químicos sintéticos e inorgânicos. Enfim, só benefícios!

Na nutrição animal

Na nutrição animal, as algas podem ser usadas tanto em ração de animais terrestres, como aquáticos e de estimação. A presença destes ingredientes naturais na composição das rações confere um enriquecimento em aminoácidos essenciais, proteínas, pigmentos e iodo, que podem representar um impacto muito positivo na saúde dos animais desde a saúde gastrointestinal e imunológica até à dentição e pelo.


Na cosmética

Na cosmética, os compostos bioactivos das algas, tais como polissacarídeos marinhos, péptidos, pigmentos, ácidos gordos, vitaminas e minerais, criam um “cocktail” perfeito para a pele. São reconhecidas, entre outras, as propriedades antienvelhecimento, antioxidante, fotoprotectora e hidratante.