Ficha de projecto: IMTA Bio Algas & Peixes

PROJECTO COFINANCIADO POR:

DESIGNAÇÃO DO PROJECTO

IMTA BIO ALGAS & PEIXE

CÓDIGO DO PROJECTO

MAR-02.01.03-FEAMP-0151

ENTIDADE BENEFICIÁRIA

ALGAplus

INVESTIMENTO DO BENEFICIÁRIO

375.606,42€

INCENTIVO DO BENEFICIÁRIO

184.807,21€  

DATA DE INÍCIO

16/08/2018

DATA DE CONCLUSÃO 

28/02/2023

DATA DE INÍCIO

01/06/2019

DATA DE CONCLUSÃO

30/11/2023

OBJECTIVOS

O presente projecto corresponde a uma operação de investimento em sistemas de IMTA(aquacultura integrada) de peixe e algas em regime BIO para alavancar o arranque da produção de peixe em modo de produção biológico (MPB) e um aumento de produtividade na produção de macroalgas em MPB.

Tendo desenvolvido um sistema de produção piloto que lhe permitiu validar a produção de algas marinhas do Atlântico sob o conceito de Aquacultura Multi-Trpfica Integrada, assim como a qualidade dos produtos escoados em mercados-alvo, nomeadamente os sectores alimentar, cosmética e saúde animal, a ALGAplus pretende agora continuar a dar resposta às necessidades actuais destes mercados, aumentando a quantidade de produto disponibilizada, mas mantendo as premissas fundamentais que lhe permitiram ganhar um posicionamento de referência no sector: produção local, sustentável e com certificação BIO, com garantias que qualidade e rastreabilidade. 

Deste modo, o presente projecto diz respeito a um Investimento Produtivo estruturante para a ALGAplus, designadamente para a sua dimensão e diversificação da actividade produtiva,

enquadrando-se totalmente na tentativa de promover o aumento da competitividade e da

viabilidade da empresa, aumentando a produção aquícola em MPB, incluindo a melhoria das condições de segurança e de trabalho, bem como incentivar a protecção e restauração da biodiversidade aquática, a melhoria dos ecossistemas ligados à aquicultura e o aumento da eficiência em termos de recursos.

MAIS DETALHES

Objectivo Principal: Reforçar a Competitividade do sector das pescas e da aquicultura 

Região de Intervenção: Centro | Data de aprovação: 17/09/2019 

Apoio financeiro da União Europeia: 140.852,41€  

Apoio financeiro público nacional: 46.950,80€